Home Page » Produtos » Cultura
 
Produtos
Sol e Mar
Golfe
Saúde e Bem Estar
Meeting Industry
Cultura
Turismo de Família
Natureza
Turismo Residencial
Desporto
 
Cultura

História, Gastronomia, Entretenimento, Festivais e Eventos
O Algarve, cujo nome deriva da expressão árabe "Al Gharb", que significa "O Ocidente", é a região mais a Sul de Portugal. É um prazer visitar o Algarve em qualquer altura do ano, com as suas praias costeiras de areia dourada, que oferecem um refúgio para quem gosta de sol, e as suas vilas pacatas, mais para o interior, que oferecem paz e tranquilidade aos que procuram apenas afastar-se do stress e das preocupações do dia-a-dia.

Entre os destinos algarvios mais procurados encontram-se os resorts de Albufeira, Armação de Pêra, Praia da Rocha e Vilamoura. Estas localidades dispõem de uma excelente selecção de alojamentos, praias, entretenimento e uma fervilhante vida nocturna que tem para lhe oferecer shows de cabaret, casinos, animadas discotecas e bares acolhedores. Não é portanto surpreendente a quantidade de visitantes que voltam ao Algarve, ano após ano.

A cidade costeira de Faro é a capital da região e destaca-se como um importante centro comercial, artístico e cultural. Descurada muitas vezes pelos visitantes, que apenas passam por ela a caminho de outro destino, a cidade possui na verdade uma arquitectura fascinante, inspirada pela rica história da região.

O extraordinário Infante D. Henrique, grande impulsionador dos Descobrimentos, veio até Sagres, decorria o século XV, e crê-se que tenha aí fundado uma escola de navegação. Nasce assim a era da exploração marítima. Um pouco mais para este, encontramos a cidade de Lagos, onde o Infante teve também uma grande influência. Situada numa das maiores baías do Algarve, Lagos foi em tempos um importante centro marítimo, sendo hoje em dia uma cidade atractiva e cheia de vida. Ainda hoje se pode comprovar o seu importante historial marítimo através da estátua do Infante D. Henrique, de olhar fixado no oceano, situada numa das principais praças da cidade.

Apesar da fama da região se dever sobretudo às suas praias de vastos areais, as vilas do interior do Algarve oferecem também paz e tranquilidade, num cenário rodeado por colinas verdejantes.

As florestas de carvalhos e sobreiros são um paraíso para os amantes da natureza, e foram em tempos um dos principais habitats naturais do lince ibérico, uma espécie actualmente em vias de extinção. Igualmente interessante é a visita à Serra de Monchique, onde uma paragem nas Termas de Monchique o ajudará a relaxar.

Situada junto ao Parque Natural da Ria Formosa, Tavira é um local de passagem obrigatória para os que visitam o Algarve. Esta linda cidade, onde abundam igrejas históricas e belos solares, oferece ainda uma panóplia de excelentes restaurantes, onde poderá provar algumas das deliciosas iguarias locais à base de peixe e marisco.

Outrora uma cidade rica e poderosa, Silves é hoje uma cidade calma situada junto à Serra de Monchique. Embora a origem da cidade esteja ainda envolta em mistério, a sua catedral e o seu castelo em ruínas relembram aos visitantes o seu passado muçulmano, rico e profícuo, que teve o seu fim após três meses de um cerco liderado pelo Rei D. Sancho I, em 1189. Silves tem um dos castelos mais bem preservados de todo o Algarve. Construído no mesmo local onde se situava o Palácio das Varandas, do século XI, as suas muralhas e torres sobranceiam a cidade e oferecem aos seus visitantes vistas panorâmicas das paisagens em redor. A Catedral Gótica da cidade, do século XIII, construída no local de uma antiga mesquita, contém túmulos de Cruzados e uma estátua em jaspe da Nossa Senhora da Conceição, que se crê datar do século XIV. 

No que diz respeito à Gastronomia, as Cataplanas e as Caldeiradas de peixe são iguarias típicas do Algarve e pratos que todos os visitantes deveriam experimentar. Do bife de atum de Tavira ao polvo de Santa Luzia, as especialidades algarvias por excelência incluem peixe e marisco. Graças à longa tradição piscatória da região, os berbigões, os lingueirões, as ostras, as lulas e os chocos são alguns dos ingredientes que irá encontrar nos menus algarvios. No interior, as iguarias incluem as amêndoas, as laranjas e os figos, sempre óptimos, quer quando comidos frescos ou usados nas mais variadas sobremesas típicas.

Todos os anos em Fevereiro, um pouco por todo o Algarve, celebra-se o Carnaval, mas nenhum é tão tradicional como o Carnaval de Loulé. A cidade enche-se de cor e alegria enquanto os visitantes e os habitantes locais observam o animado desfile. Esta parada traz consigo coloridos carros alegóricos, gigantones, grupos de samba e muita música, sendo uma das grandes festas da região.

No início do Verão, e ao longo de cinco dias, o Festival Med traz vida e animação às ruas do centro histórico de Loulé. Os visitantes ficarão encantados com a música do mundo, originária de vários países do sudoeste europeu, como Espanha, Itália, Grécia e Portugal, bem como com outras formas de arte, incluindo exposições de artesanato, espectáculos de dança e teatro de rua.

Um paraíso para os amantes de marisco, realiza-se todos os anos em Agosto o Festival do Marisco, no Jardim Pescador Olhanense, na cidade de Olhão, a apenas oito quilómetros de Faro. Sendo um dos mais importantes eventos gastronómicos do calendário algarvio, este festival oferece aos pescadores locais a oportunidade de exibirem os variados produtos pescados numa das inúmeras bancas alinhadas perto do porto. O festival permite aos visitantes provar algumas das iguarias locais e uma grande variedade de marisco fresco, desde os camarões fritos à tradicional cataplana, um prato cujos principais ingredientes incluem amêijoas, mexilhões, bacon, chouriço, alhos, cebolas e azeite. A música e as danças tradicionais acompanham o festival e convidam os habitantes locais e os visitantes a comer, beber e desfrutar da fantástica atmosfera.

Em finais de Agosto, em meticulosas recriações históricas, Castro Marim e Silves regressam à Idade Média. Ao longo de quatro dias e quatro noites, o castelo de Castro Marim torna-se ano após ano no anfitrião de reis e rainhas, cavaleiros de armadura reluzente, bobos da corte e senhores e senhoras da nobreza, todos passeando perante os olhares de espanto dos muitos visitantes que aí se deslocam para este evento anual. Torneios medievais a pé ou a cavalo, espectáculos de teatro de rua, banquetes ao som de música medieval e uma feira de artesanato e produtos típicos, completam as actividades de entretenimento durante estes dias medievais, oferecendo aos visitantes a oportunidade de sentir a magia e o mistério de tempos idos.
Descubra mais sobre a história e eventos típicos do Algarve em www.visitalgarve.pt

 
Conheça os nossos associados com facilidades neste segmento
Download de Material Promocional